Geral

“Estamos sempre presentes em busca de uma cidade melhor”, afirma presidente do Sindilojas-BG, Daniel Amadio

Ranieri Moriggi
Escrito por Ranieri Moriggi

O ano de 2017 foi considerado dificultoso pelo Sindicato do Comércio Varejista de Bento Gonçalves – Sindilojas-BG. Durante um longo período, empresários e lojistas precisaram readaptar-se a realidade econômica e buscar soluções para minimizar os efeitos da crise que afeta a população brasileira. E não foram poucas as tentativas para alcançar o equilíbrio nas contas. A afirmação é do presidente Daniel Amadio.

Com a economia em recessão, custos operacionais majorados e o fechamento de estabelecimentos comerciais devido às dificuldades impostas, foram algumas das situações enfrentadas pela classe lojista. Segundo Amadio, novas iniciativas proporcionaram um trabalho diferenciado que possibilitou resultados acima da média. “Empresários acompanharam as tendências e conseguiram apresentando diferenças e superando os obstáculos”, afirma.

O ano de 2018 chega e com ele, segundo o presidente do Sindilojas, a expectativa da retomada do crescimento, em todas as esferas (municipal, estadual e nacional).Por tratar-se de um ano eleitoral, Amadio acredita que com a moralização política, o eleitor tem a oportunidade de eleger para os cargos públicos, pessoas que realmente tenham compromisso com a coletividade e não simplesmente por interesse próprio. “Poderemos dar mais confiança ao mercado e teremos o retorno dos investidores que são a mola propulsora da economia”, afirma..

O ano que inicia também é de expectativa, quanto à aprovação de reformas, para que as instituições resolvam seus problemas e a população consiga ter ciência de onde são aplicados os impostos pagos. “É preciso modernizar os processos e facilitar o movimento de trabalho aplicando uma dinâmica melhor do que é praticada hoje. Realizando gestão nas estruturas de governo e otimizando os gastos, tendo assim a possibilidade melhorar os investimentos nos recursos arrecadados, prestando melhores serviços para a população que não enxerga atualmente retorno dos impostos pagos”, enfatiza.

Em 2018, o Sindilojas pretende negociar a convenção coletiva, considerada a principal tarefa do sindicato, além de continuar oferecendo suporte aos associados, buscando facilidades na forma de serviços e produtos que facilitem a vida dos comerciantes, além de apoiar e incentivar a aplicação de recursos pelo Poder Público, “Nessa hora o apoio das entidades, usando a criatividade é que possibilitará fazermos mais com menos, e o Sindilojas busca sempre estar presente em busca de uma cidade melhor, mesmo com as dificuldades que enfrentaremos”, enfatiza.
Amadio acredita que a presença do Sindilojas nas comunidades é um incentivo para maior participação nas decisões propostas, trazendo iniciativas exitosas.

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário