Esportes

Esportivo vence Ypiranga, classifica e conhece adversário das quartas

Lucas Delgado
Escrito por Lucas Delgado

Depender apenas de seu resultado: assim chegou o Esportivo para a última rodada da fase de grupos da Divisão de Acesso. Contra o até então líder da competição, Ypiranga, na Montanha dos Vinhedos, o alviazul foi superior ao fazer 2×0 e confirmou a quarta colocação no Grupo B – o que lhe garantiu vaga nas quartas de final do estadual.

A equipe de Bento Gonçalves enfrentou o time de Erechim que, desgastado de seu calendário dividido com a Série D do Campeonato Brasileiro, poupou jogadores importantes. O Esportivo, por sua vez, colocou praticamente todos seus titulares em campo. A exceção, mais uma vez, foi o sistema defensivo, que contou com Eduardo e Thiago Gasparetto.

E os donos da casa fizeram valer a qualidade do 11-inicial e o mando de campo e saíram na frente logo nos primeiros 15 minutos. Roger Bastos cobrou falta da intermediária e o goleiro Rodrigo foi ao encontro da mesma com muita confiança; ela picou e passou no meio das pernas, abrindo o placar.

Mesmo com o gol, o alviazul manteve suas linhas altas, explorando fraquezas pontuais do Ypiranga. Com dificuldades em entrar na área, o Esportivo aproveitou mais uma vez o recurso que vem sendo usando neste segundo turno: o chute de média-longa distância. Pelo segundo jogo consecutivo, Diego Torres tabelou e arriscou de fora da área, a bola pegou no pé da trave e entrou, ampliando para 2×0 a vantagem.

Atacante Vinícius comemora o fim do jogo e a classificação (Fotos: Lucas Delgado)

O segundo tempo contou com substituições de parte a parte. Cristian de Souza, técnico do Esportivo, aproveitou para descansar Diego Torres, Jean Carlos e Natan, já pensando na classificação que era praticamente garantida. Com algumas boas possibilidades, mas sem efetividade, a parte final foi encerrada sem acréscimos no placar, que terminara em 2×0 para os donos da casa.

Classificação e jogo contra líder geral

A vitória sobre o Ypiranga confirmou o Esportivo na quarta posição com 24 pontos conquistados. Apenas um atrás do líder – justamente o Canarinho de Erechim. Com isso, os bento-gonçalvenses se candidataram a enfrentar o primeiro colocado do Grupo A.

O Pelotas goleou o Lajeadense e confirmou o topo, garantindo o mando de campo no jogo de volta contra o Esportivo. O volante e capitão do alviazul, Natan, salientou a história das duas equipes que se enfrentarão nas quartas de final. “O Pelotas é um time que não deve estar na segunda divisão, mas o Esportivo também não. E os dois têm grande elenco. A gente vai descansar e pensar que agora não tem favorito nenhum, é 50% de chances para cada lado”, acredita.

O mesmo discurso foi feito pelo técnico Cristian de Souza: “Não poderíamos escolher adversário porque todos são difíceis e está tudo absolutamente em aberto. Sabemos da qualidade do clube, do treinador [Paulo Porto]. Agora vamos estudar com mais profundidade os detalhes do Pelotas”, planeja.

Cristian aproveitou para elogiar o nível da Divisão de Acesso e analisar as suas características. “São três campeonatos dentro de apenas um. Um primeiro turno sem os reforços; encerramos hoje o returno com campanha invicta; e na próxima semana iniciamos o terceiro campeonato com o mata-mata”, infere o comandante.

Esportivo e Pelotas fazem dois jogos pelas quartas de final da Divisão de Acesso. Na Montanha dos Vinhedos, o primeiro deverá ser na quarta-feira, 16. Entretanto ainda aguarda-se a confirmação da Federação Gaúcha de Futebol devido aos compromissos do Ypiranga pela Série D.

Sobre o autor

Lucas Delgado

Lucas Delgado

esporte@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário