Esportes

Esportivo fecha pré-temporada com novo empate

Lucas Delgado
Escrito por Lucas Delgado

O Esportivo fechou seus compromissos de pré-temporada na tarde de hoje, 9 de fevereiro, com o amistoso contra o Guarani-VA. Na Montanha dos Vinhedos, a equipe passou mais uma vez em branco em um duelo que terminou  em empate sem gols.

O técnico Carlos Moraes fez mudanças no seu onze-inicial se comparado ao que utilizou no meio de semana em derrota para o Lajeadense. Entraram o zagueiro Gullithi e o extremo Vini no lugar de Jonas e Diogo – o segundo por problemas físicos. Desta forma, o Esportivo utilizou durante boa parte do amistoso: Jonatas, Jackson, Gullithi, Cleiton e Chuva; Nunes, Robert, Athos, Vini Santos e Tony Júnior; Zulu.

No primeiro tempo, poucas chances foram criadas de parte a parte. O Esportivo foi quem mais assustou após finalização de Athos, que recebera a bola de Vini após vitória pessoal, mas não conseguiu bater o goleiro adversário. Na sequência Tony Júnior fez bela jogada individual, mas também parou no guarda-redes adversário.

A segunda etapa teve outra tônica. Em um primeiro momento, o Esportivo passou a dominar as ações e por diversas vezes flertou com o gol. Tony Júnior e Nena pararam no sistema defensivo adversário. Após a pressão, o Guarani-VA assumiu o controle da posse de bola, porém sem agressividade. A equipe do técnico Leocir Dall’Astra passou a trabalhar em um sistema de dois toques na bola, aproveitando o amistoso para consolidar seu modelo de jogo.

O apito final veio e, nem Esportivo, nem Guarani-VA fizeram gols. Apesar disso, o empate zerado foi avaliado de forma positiva pelos integrantes do grupo Alviazul. O meia Athos, referência técnica e de experiência, projeta a avaliação com calma. “Se tivéssemos ganhado com certeza não estaria perfeito, assim como não ganhamos e vimos que temos algumas falhas e coisas boas. [O Guarani] Foi um adversário forte, mas tivemos o controle do jogo, maioria das chances foi nossa […]. Precisamos aprimorar a finalização já que em todos jogos criamos chances claras e não conseguimos fazer. Agora vamos aprimorar junto a comissão técnica”, acredita.

O goleiro Jonatas enalteceu a chance de enfrentar uma equipe que também está na Divisão de Acesso. “É um parâmetro para vermos o que vamos encontrar nessa competição. Tivemos bons momentos e vimos que precisamos de acertos, o que é completamente normal, até para consertarmos ao longo da competição.

Hora da competição

A partir de agora, o foco do Clube Esportivo passa a ser apenas a Divisão de Acesso. A Série A2 do Gauchão começa no dia 17 de fevereiro para o Esportivo. O alviazul estreia no Parque Esportivo Montanha dos Vinhedos, onde enfrentará o Ypiranga de Erechim. A competição será realizada até 22 de maio, data prevista para ser disputado o jogo de volta da final. As duas melhores equipes do torneio garantem vaga no Campeonato Gaúcho de 2020.

Antes do Guarani-VA, o Esportivo entrou em campo quatro vezes. A equipe venceu o São Paulo do Borgo e o Peñarol (Caxias do Sul), equipes amadoras; contra times profissionais, o Esportivo empatou com o Caxias — que utilizou os reservas — e perdeu para o Lajeadense por 1 a zero na quarta-feira, 6 de fevereiro.

Sobre o autor

Lucas Delgado

Lucas Delgado

esporte@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário