Caderno S

Deise Ceccagno

Caroline Pandolfo
Escrito por Caroline Pandolfo

“Seja a mudança que você quer ver no mundo”

Ghandi

Criatividade, bom humor, dedicação e paciência descrevem Deise Cecagno, bailarina, apaixonada por arte. Acredita na filosofia do veganismo e é dona de um sorriso encantador. Geminiana, sua formação é em Licenciatura em Arte Educação pela UCS e Especialização em Moda, Mídias e Inovação pelo Senac – RS.

Sócia da escola de ballet Aplausos Studio de Dança, Deise é diretora e professora, além de ser a responsável pela criação dos figurinos e produção das coroas das bailarinas e acessórios de palco. Seu amor pela dança não para por aí, ela também ensina a arte no Projeto Coração Cidadão, desde 2005. “Iniciei no ballet com nove anos de idade, e com o tempo o amor pela dança sempre cresceu. Fiz dança moderna e contemporânea, jazz, dança do ventre, sapateado. Comecei a dar aulas de ballet aos 16 anos”, conta.

Realizada com sua escolha profissional ela explica o quanto ama o que faz. “Adoro estudar ballet, preparar aulas, estou sempre fazendo cursos, buscando formas para que as alunas e alunos compreendam a maneira correta de executar cada movimento”, diz. E complementa contando sobre suas outras paixões. “Também amo estudar história, desenhar, bordar e costurar”.

Outro ponto que inspira Deise é o envolvimento dos estudantes. “É gratificante sempre que vejo os alunos se apaixonando pela dança, aprendendo a respeitar seu corpo, a ter paciência e perseverança para melhorar sempre”, afirma. Ela ressalta as histórias de superação que acompanha e o resultado do empenho de cada um. “O mais legal é que o ballet não tem só o objetivo de formar bailarinos profissionais. Além da arte e da técnica, desenvolvemos responsabilidade, autodisciplina, criatividade, colaboração com o grupo, qualidades que as pessoas levam para a vida, para qualquer profissão que escolherem”, garante.

Sobre seus planos, ela inclui a ampliação da escola, mostrando que o ballet não é só um passatempo para crianças, é conhecimento, é reconhecer seu corpo, seu espaço, seu ritmo. “Dançar faz bem para qualquer pessoa, em qualquer idade. Buscamos na Aplausos despertar nas pessoas o amor pela arte, trabalhar os talentos que encontramos, estudando, aprendendo, proporcionando sempre o melhor para cada um”, finaliza.

 

Fotos: Natiele Machado

Sobre o autor

Caroline Pandolfo

Caroline Pandolfo

Um mundo de descobertas. Assim considero minha trajetória como colunista do Jornal Semanário, a qual tenho muito orgulho! Aqui compartilho um novo espaço do Caderno S, a Coluna Detalhes, onde destaco experiências únicas, pessoas especiais, trabalhos que fazem a diferença e muito mais.
social@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário