Caderno S

Dedicada, sonhadora e observadora Priscila Milesi Basso

Caroline Pandolfo
Escrito por Caroline Pandolfo

Filha mais nova de um bancário e de uma professora, sua infância foi diferente da maioria das crianças pois, devido a profissão do pai, morava ora em um lugar ora em outro. Assim cresceu Priscila Milesi Basso, que desde cedo aprendeu a conhecer culturas e pessoas diferentes. “Tive que me adaptar às mudanças e às novidades de cada cidade. Conhecer novas escolas, fazer novos amigos e aprender a conviver com o novo. Sempre tive muito contato com Bento Gonçalves, pois nossa base familiar é daqui”, conta. Ela lembra que cresceu passando finais de semana e férias na cidade, que lhe acolheu definitivamente há 23 anos e que faz com que se sinta uma bento-gonçalvense nata. “Sou grata a essa trajetória, que somou lindas lembranças, aprendizados, experiências e amigos para a vida toda”, complementa.

Profissional do mercado de comunicação e marketing há 15 anos, Priscila é graduada em Comunicação Social – Habilitação Relações Públicas e tem Pós-graduação em Gestão da Comunicação Empresarial. Nos últimos 5 anos atua também com planejamento de comunicação e marketing. Já passou por diversos setores, sendo hotelaria, prestação de serviços e eventos, comércio e hoje se dedica ao moveleiro, trabalhando como Coordenadora de Marketing na Dalmóbile e faz parte da diretoria do Sindmóveis. Além de profissional, Priscila é esposa, dona de casa, mãe e mulher! Versatilidade que vem se consolidando no mundo feminino. Falando sobre seus pontos fortes, ela destaca que é uma pessoa dedicada, criteriosa, prática e responsável, o que julga fundamental para conciliar todas as tarefas do seu dia a dia.

Para descontrair, Priscila considera muito importante ter momentos especiais com a família e com os amigos. “Dar boas risadas com eles são uma das melhores coisas da vida! Isso é felicidade”, afirma. Bastante detalhista, ela diz que essa é uma curiosidade sobre sua personalidade. “Às vezes, até exagero um pouco”, comenta.

Segundo ela a escolha de sua carreira foi algo natural. “Na época de colégio fiz um teste vocacional e um dos resultados apontaram para a comunicação social. Conhecia pouco, praticamente nada de ‘relações públicas’, fiquei muito curiosa e a partir disso li muito sobre a profissão, busquei informações da atuação do profissional. Logo que entrei na faculdade comecei a fazer estágios para aprender a prática, isso me apaixonou”, relembra.

Apaixonada pelo seu trabalho, a profissional conta que planejamento com metas e objetivos é o que a desafia. “É preciso conhecer novos mercados, pesquisar, ir a fundo nas constantes mudanças que estamos expostos. Trocas de experiências são importantes, assim como conhecer cases de sucesso. Gosto mesmo é da prática, mas a teoria é a base, é importante e ajuda”, argumenta. E finaliza. “Cresci acompanhando o Ayrton Senna: a determinação, disciplina e o comprometimento para o sucesso, foi meu exemplo”.

Fotos: Caroline Pandolfo

Sobre o autor

Caroline Pandolfo

Caroline Pandolfo

Um mundo de descobertas. Assim considero minha trajetória como colunista do Jornal Semanário, a qual tenho muito orgulho! Aqui compartilho um novo espaço do Caderno S, a Coluna Detalhes, onde destaco experiências únicas, pessoas especiais, trabalhos que fazem a diferença e muito mais.
social@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário