Esportes

Copa do Mundo: Seleção Brasileira convocada por Tite

Lucas Delgado
Escrito por Lucas Delgado

Técnico gaúcho apresentou lista com 23 atletas que vestirão a amarelinha no mundial da Rússia; entre eles, Geromel

Sem grandes surpresas e com os jogadores de confiança: assim configurou-se a lista final de Adenor Bachi, o Tite, técnico da Seleção Brasileira de Futebol para a disputa da Copa do Mundo da Rússia, que será iniciada em junho. Foram 23 atletas convocados para a campanha que pode render o sexto título mundial para o selecionado do Brasil.

A convocação foi feita na tarde de segunda-feira, 14, na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Junto a Tite, estiveram na mesa principal, cercada por câmeras e jornalistas de diversos países, o auxiliar técnico Cleber Xavier e o coordenador de seleções Edu Gaspar. Ao longo da atividade, além da divulgação da lista dos 23 jogadores, o grupo respondeu questionamentos e explicou decisões e a logística a ser aplicada no próximo mês.

Um dos pontos debatidos por Tite foi a experiência de alguns jogadores no torneio mundial. Apenas Marcelo, Thiago Silva, Fernandinho, Paulinho, Willian e Neymar atuaram na Copa do Mundo de 2014. “Todos que passaram vão ajudar a comissão técnica. Se aprende ganhando, empatando e perdendo, depende da nossa qualidade de aprender lições. Os remanescentes de 2014 vão nos ajudar, já que estão um passo à frente em relação a mim, por exemplo”, avaliou Tite.

Edu Gaspar divulgou o itinerário e o planejamento traçados pela comissão técnica relativas às prévias da Copa do Mundo. O grupo de jogadores fará apresentação na Granja Comary, Teresópolis (RJ), na segunda-feira, 21. No fim de semana seguinte, a Seleção Brasileira embarca para a Europa, onde enfrentará a Croácia e Áustria em amistosos — 3 de junho em Liverpool e 10 de junho em Viena, respectivamente. A estreia na Copa do Mundo será em 17 de junho, contra a Suíça, em Rostov.

Convocados

Goleiros: Alisson (Roma-ITA), Cássio (Corinthians) e Ederson (Manchester City-ING); zagueiros: Marquinhos e Thiago Silva (PSG-FRA), Miranda (Inter de Milão-ITA) e Pedro Geromel (Grêmio); laterais: Fagner (Corinthians) e Danilo (Manchester City-ING), na direita, Filipe Luís (Atlético de Madrid-ESP) e Marcelo (Real Madrid-ESP), na esquerda; meio campistas: Casemiro (Real Madrid-ESP), Fernandinho (Manchester City-ING), Fred (Shakhtar Donetsk-UCR), Paulinho (Barcelona-ESP), Philippe Coutinho (Barcelona-ESP), Renato Augusto (Beijing Guoan-CHI) e Willian (Chelsea-ING); atacantes: Douglas Costa (Juventus-ITA), Firmino (Liverpool -ING), Gabriel Jesus (Manchester City-ING) Neymar (Paris Saint Germain-FRA) e Taison (Shakhtar Donetsk-UCR).

Elogiado, Geromel figura na lista

Pedro Geromel chegou ao Grêmio sob muita desconfiança em 2013. Aos poucos, ganhou moral, tornou-se um dos marcos da era vencedora aberta com o título da Copa do Brasil e chegou ao seu auge ao ser o capitão do título da Libertadores da América de 2017. O defensor era um dos atletas do tricolor cotados para integrar a Seleção Brasileira na Copa do Mundo e teve seu nome lido pelo técnico Tite na tarde de segunda-feira, 14.

O zagueiro recebeu a notícia direto da Venezuela, país no qual estava concentrado com os seus companheiros para o jogo da Libertadores, ocorrido na noite de ontem, 15, diante do Monagas. Após o anúncio do comandante do selecionado nacional, o defensor festejou com seus colegas o nome na lista.

Pedro Geromel afirmou que estar na Copa do Mundo é fruto de trabalho em campo e de sua personalidade. “A sensação é de realização, chegar onde cheguei sem passar por cima de ninguém. Fico feliz por poder servir de exemplo para outros”. Ele ainda afirmou: “nunca me senti tão bem fisicamente. Certamente estou no melhor momento da minha carreira”.

Aos 32 anos, Geromel esteve presente na primeira convocação do Tite, em agosto de 2016. Ele foi chamado às pressas, após a lesão de Rodrigo Caio, zagueiro do São Paulo. Desde então, fora convocado em algumas oportunidades, mas sem grande sequência, o que não garantia o seu nome na lista final.

Outros três jogadores do Grêmio foram cotados para estar na convocação para a Copa do Mundo: o goleiro Marcelo Grohe, o volante Arthur e o atacante Luan. Arthur foi a ausência mais sentida por torcedores nas redes sociais. Na sequência, foi divulgado que o volante já negociado com o Barcelona sofreu lesão de grau dois no reto femural da perna direita e ficará longe dos gramados por pelo menos três semanas — o que pode ter influenciado em sua ausência na lista de Tite.

Sobre o autor

Lucas Delgado

Lucas Delgado

esporte@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário