Segurança

Consepro assina contrato de aquisição de equipamentos de segurança para Brigada Militar

Nicholas Lyra
Escrito por Nicholas Lyra

Um projeto de arrecadação de verbas encampado pelo Conselho Municipal de Segurança Pública (Consepro), que contou com o apoio da iniciativa privada e entidades representativas de classe sediadas no município, resultou na aquisição dos equipamentos e sistema da Sala de Comando e Controle para a Brigada Militar. A assinatura do termo de compra ocorreu na tarde de 27 de outubro no 3º Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas.

Com investimentos de R$ 218 mil, subsidiados em 50% pelo Consepro, e por uma aliança entre o Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves, Sindmóveis e MOVERGS, atendendo aos outros 50% do valor, o conjunto de equipamentos deve ser integralmente instalado no decorrer dos próximos 30 dias. O processo prevê montagem de servidores, instalação de softwares e monitores, configurações para base de operações, transmissões em modalidade de teste e capacitação técnica e operacional dos agentes que utilizarão o sistema.

De acordo com o presidente do Consepro, Elton Gialdi, com esse aporte, as forças policiais terão melhores condições de trabalhar na inibição dos atos delinquentes e identificação de suspeitos, além de mais agilidade na localização desses indivíduos. “Isso vai melhorar significativamente o tempo de resposta para atender as ocorrências criminais. Estamos muito orgulhosos pela existência de uma sensibilização coletiva em prol da causa da segurança e, principalmente, do entendimento que somente a união de esforços vai ajudar a construir o município tranquilo e seguro que todos queremos”, explica.

O investimento protagonizado com pioneirismo por Bento Gonçalves, em âmbito estadual, permitirá potencializar o emprego do efetivo das forças policiais nas ruas, gerando benefícios diretos à comunidade, avalia o Tenente-coronel Glauco Alexandre Braga, comandante do 3º BPAT. “A central integrada que está sendo adquirida é um pacote complexo de equipamentos e softwares de monitoramento inteligente de imagens que trará resultados positivos nos processos de prevenção e investigação de ocorrências, melhorando as condições de segurança para a população. Esperamos que esse movimento de Bento Gonçalves sirva de exemplo aos municípios vizinhos para que também invistam nesse importante melhoramento”, salienta.

Segurança integrada

O software de monitoramento das imagens e o sistema de segurança estão sendo contratados com o Contel Grupo, de Garibaldi, atendendo a uma série de especificações técnicas definidas em conjunto pela equipe da Brigada Militar, Secretaria Municipal de Segurança e Secretaria Estadual de Segurança. “Houve uma integração das inteligências e experiências de cada uma dessas três autarquias para chegar ao consenso do melhor perfil de equipamento para atender as necessidades de Bento Gonçalves. O resultado é que teremos um sistema de alta qualidade, da melhor tecnologia, integrado às ferramentas de segurança municipais, do CISGA (Consórcio, Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável da Serra Gaúcha) e do Estado”, garante Gialdi. Esse conjunto de equipamentos vai operar de forma combinadas às novas câmeras de segurança pública que a Prefeitura de Bento Gonçalves recentemente adquiriu e, em breve, serão instaladas nas vias do município.

Soma de esforços em prol do coletivo

Fruto da união de esforços em prol da comunidade, a assinatura do termo de aquisição dos equipamentos destinados à Brigada Militar mostra que quando há comprometimento coletivo, os resultados positivos aparecem. De acordo com o presidente do CIC-BG, a entidade tem percebido um esforço por parte do Consepro no sentido de sensibilizar a comunidade acerca da importância de priorizarmos a mobilização por mais segurança, cada um contribuindo com a sua parte. “Nada mais coerente, então, que as entidades representativas de classe assumam postura proativa, como estão fazendo o CIC-BG, o Sindmóveis e a MOVERGS ao firmar sua condição de apoiadores desse projeto. Acreditamos que a integração entre iniciativa privada, entidades e poder público é o caminho mais assertivo em busca do desenvolvimento social”, comenta.

Sobre o autor

Nicholas Lyra

Nicholas Lyra

policia@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário