Esportes

Ciclismo para unir a família e disseminar uma vida mais saudável

Laura Gross
Escrito por Laura Gross

Quando o fim de semana se aproxima, a família de Moroni Souza de Freitas já sabe: é hora de colocar os capacetes, calibrar os pneus das bicicletas e sair pedalando pelos caminhos da Serra gaúcha. Foi ele, o pai, que trouxe o hábito para casa, cerca de três anos atrás – incentivado por um colega de trabalho, praticante do esporte. Hoje, Moroni pedala na companhia da esposa, Juliana, e das filhas Ana Júlia (10 anos) e Carolina (09). Até o pequeno Mosiah, de 02 anos, já acompanha a turma – na cadeirinha, de carona com o papai. “O ciclismo uniu ainda mais a nossa família. Quando saímos para passear de bicicleta, temos a oportunidade de conversar, saber mais sobre a vida de nossos filhos, contar histórias, trocar experiências. Estamos mais próximos, integrados e saudáveis. Esse virou o nosso programa de família”, conta Moroni.

A agenda da família ciclista já está reservada para o próximo dia 08 de outubro – quando ocorre o Circuito Ciclístico promovido pelo SEST SENAT de Bento Gonçalves. O desafio tem dois percursos: de 7km para os adultos, com largada e chegada na rua Presidente Costa e Silva (na Rua Coberta, junto à Fundação Casa das Artes); e de 2 km, na modalidade Kids. A programação inicia às 8h, com concentração, até a largada da prova, marcada para as 9h. Além do passeio, uma série de atrações estão programadas para quem deseja aproveitar uma manhã especial com toda a família. Para as crianças, haverá área de recreação, com piscina de bolinhas, cama elástica, distribuição de pipoca e algodão doce; bem como mateada e sorteio de diversos prêmios – inclusive de bicicletas – para os participantes.

As inscrições seguem até o dia 29 de setembro, com vagas limitadas (60% reservadas para os profissionais do segmento e 40% disponibilizadas à comunidade em geral). Para os trabalhadores do transporte e seus dependentes cadastrados no sistema SEST SENAT a participação é gratuita. Nos demais casos, o custo individual é de R$ 30,00. A inscrição dá direito a um kit composto por camiseta, boné e bolsa para bike. Quem concluir o percurso recebe, também, medalha.

Bem-estar, saúde e amizade
O colega de trabalho mencionado no início da reportagem como incentivador de Moroni na iniciação ao ciclismo é Rômulo Compagnoni, que há seis anos exercita as pedaladas e curte a adrenalina de modalidades mais ousadas, como o downhill. “Pratico apenas nos fins de semana, e mesmo assim consigo identificar facilmente os benefícios trazidos pelo exercício. Quem pedala ganha em qualidade de vida, aumenta a disposição, perde peso e fica muito mais resistente. Mas acima de todos esses, acredito que o grande presente do ciclismo é o círculo de amizades que formamos, unidos pelo esporte”, conta.

Na empresa onde Compagnoni atua como gerente de logística, o apoio e o incentivo para continuar pedalado vêm de cima. O diretor da Sul Nativa Transportes, Cleimar Sfredo, é adepto do esporte já há cinco anos, seguindo o exemplo do filho e da irmã. “É bom demais. Formamos um grupo de amigos e saímos para pedalar todo fim de semana, competindo saudavelmente uns com os outros e, principalmente, nos incentivando mutuamente, um estimula o outro. Nesses circuitos, testamos e superamos nossos limites, e exalamos junto com o suor todos os problemas e tensões do dia a dia. O resultado é inquestionável: mais disposição, energia e muito mais qualidade de vida”, conta.

Como participar do Circuito Ciclístico
Os interessados em participar do Circuito Ciclístico devem preencher o formulário no site http://projetossociais.sestsenat.org.br ou procurar a unidade do SEST SENAT (Rua Joana Guindani Tonello, 1561, Linha Salgado, Bento Gonçalves). Outras informações podem ser obtidas pelo fone (54) 3055-0400. A promoção é do Serviço Social do Transporte (SEST) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT).

Sobre o autor

Laura Gross

Laura Gross

online@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário