Saúde

Carlos Barbosa registra alto índice de faltas nas consultas pré-agendadas

Ranieri Moriggi
Escrito por Ranieri Moriggi

A Administração Municipal de Carlos Barbosa, faz um alerta à comunidade sobre o número significativo de faltas nas consultas pré-agendadas pela Secretaria da Saúde. Desde o início do ano, cerca de 2,5 mil pessoas não compareceram aos procedimentos agendados, o que representa 11,47% de faltas. Conforme a secretaria de Saúde, o índice é considerado elevado e prejudica outros pacientes que estão em filas de espera pelo mesmo serviço.

Através de um levantamento realizado pela equipe da SMS, no período de janeiro até segunda-feira, 24 de junho, foi constatado que de 21.399 agendamentos em consultas com Clínico Geral, Pediatria e serviços do CEMAPS. Destes, cerca de 2.455 pessoas não compareceram. Na Clínica das Especialidades ocorreram 2.333 agendamentos e o número de faltas foi de 148, correspondendo a 6,3%. E, na Clínica da Visão, houve 64 faltas de 769 consultas pré-agendadas, o que equivale a 8,3%.

Conforme a SMS, o não comparecimento compromete a capacidade de agendamentos de consultas, o que dificulta o acesso de outros usuários ao sistema de saúde. Além disso, causa aumento do prazo de espera para atendimento e ainda acarreta o desperdício de recursos, haja visto que o serviço é pago pelo município mesmo quando o usuário não comparece. “Mais do que prejudicar os atendimentos, as faltas injustificadas comprometem a eficiência do serviço, ou seja, o prejuízo afeta a todos os usuários do Sistema de Saúde”, relata a secretária da pasta, Letícia Lusani.

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário