Saúde

Câncer é tema de Projeto de Responsabilidade Social do Hospital Tacchini

Da Redação
Escrito por Da Redação

O Instituto Tacchini de Pesquisa em Saúde (ITPS) está conduzindo na instituição um projeto que tem como objetivo conhecer e até mesmo inferir os riscos para diversos tipos de câncer, através da análise de fatores de risco para a doença entre pessoas com câncer e aquelas sem câncer (estudo do tipo caso vs. controle com pareamento por sexo e idade). O trabalho está acontecendo graças a uma doação feita ao ITPS e foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Tacchini, colegiado habilitado mediante o Conselho Nacional de Pesquisa (CONEP), e conta com a colaboração da equipe assistencial do Hospital Tacchini e de profissionais de instituições no Brasil e no exterior.

Conforme a gerente do ITPS e investigadora principal deste estudo, Doutora Juliana Giacomazzi, as pessoas que estão participando da pesquisa são convidadas a responder um questionário, no qual detalham aos entrevistadores aspectos relacionados a fatores de risco para câncer. “É um trabalho minucioso onde procuramos saber se as pessoas, bem como seus familiares já tiveram algum diagnóstico de câncer, bem como se as mesmas possuem histórico de tabagismo, etilismo e de exposição a agrotóxicos e a outros agentes químicos; se praticam de atividade física, como se alimentam e se destacam aspectos psicossociais e gineco-obstétricos específicos, relata a gerente do ITPS.

Como funciona o estudo:

Para indivíduos sem câncer, o questionário inclui questões relacionadas a fatores de riscos para a doença sendo aplicado a funcionários de empresas da região, onde todos devem ter passado por médico do trabalho da empresa ao longo dos últimos 12 meses. Já as pessoas diagnosticadas com câncer no UNACON – Instituto do Câncer do Hospital Tacchini, além de responderem ao mesmo questionário, os mesmos são triados para encaminhamento à nutricionista e à psicóloga do Instituto do Câncer, quando desejarem. “Além disso, através da abordagem deste estudo, os indivíduos com diagnóstico de câncer e com história familiar da doença que preencherem critérios para ‘síndromes de predisposição hereditária para câncer’ estão sendo convidados a realizar, sem custos, consulta com médica geneticista, exame genético em parceria com instituições no Brasil e aconselhamento genético”, explica doutora Juliana, que coordena o estudo.

O estudo conta com a participação da médica geneticista Camila Matzebacher Bittar, contratada para o estudo; da diretora técnica do Hospital Tacchini, Dra. Roberta Pozza e do diretor do Instituto do Câncer Dr. Fernando Obst e da Enfermeira Gestora de Processos da unidade, representando toda a equipe assistencial do Instituto do Câncer.

Informações sobre o estudo são obtidas pelo e-mail: instituto.pesquisa@tacchini.com.br.

 

Sobre o autor

Da Redação

Da Redação

redacao@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário