Segurança

Brigada Militar divulga dados da Operação Avante Dissolutio em Bento Gonçalves

Ranieri Moriggi
Escrito por Ranieri Moriggi

Operação visa combater o crescimento da violência no município e conta com o apoio de policiais militares de Porto Alegre

As ações de repressão e combate ao crime em Bento Gonçalves, através da Operação Avante Dissolutio já resultaram em 47 prisões em Bento Gonçalves. Os números foram divulgados pelo 3º Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas (Bpat) na manhã desta sexta-feira, 29.

Conforme os dados, até o momento, as forças de segurança já prenderam 47 criminosos. Desse número, 14 são acusados de tráfico de drogas, 12 estavam em situação de foragidos da Justiça. Além disso, dois foram presos por porte ilegal de arma de fogo. Furtos e roubos somam 12 prisões. Posse de entorpecentes resultaram na captura de quatro pessoas. Duas prisões por receptação foram registradas durante a operação, além de nove armas apreendidas.

Apreensão de drogas

No relatório, há ainda a quantidade de entorpecentes apreendida durante as operações e abordagens na Capital do Vinho. Conforme o BPAT, foram 292 gramas de crack, 181 gramas de cocaína, 3,379 quilos de haxixe e 629 gramas de maconha, que foram apreendidas e encaminhadas à DPPA.

Sobre a Operação

O deslocamento de 20 policiais militares do 1º Batalhão de Operações Especiais de Porto Alegre ao município faz parte da operação Avante Dissolutio, deflagrada desde o dia 7 de setembro no município para conter o crescimento da violência na cidade da Serra.  Nesse ano, foram registrados 37 homicídios, número que já superou o índice registrado em todo o ano passado, quando foram 34 assassinatos.

 

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário