Esportes

Brasileiro de Rugby: Por liderança do Grupo D, Farrapos recebe o Desterro

Lucas Delgado
Escrito por Lucas Delgado

Para técnico do time de Bento Gonçalves, “esse é o tipo de jogo que se define no detalhe”


Campeonato Brasileiro de Rugby XV — o Super 16 — terá o encerramento do primeiro turno da fase de grupos na tarde de sábado, 4 de agosto. O Farrapos Rugby Clube receberá em Bento Gonçalves os catarinenses do Desterro Rugby Clube para um confronto que dará ao vencedor o topo da classificação do Grupo D, uma vez que são as duas equipes com 100% de aproveitamento após as duas rodadas inaugurais.

O time bento-gonçalvense já atuou duas vezes pelo torneio nacional, mas pareceu apenas ter dado sequência ao Campeonato Gaúcho. Isso porque enfrentou o Charrua e o San Diego (ambos de Porto Alegre) nos primeiros confrontos do Super 16. A última vez que o Farrapos se opôs a um clube de fora do Rio Grande do Sul foi justamente na final do Brasileiro do ano passado, em 24 de setembro. Ou seja, entre a derrota para o Jacareí na decisão e o jogo contra o Desterro, terão sido completados 315 dias.

Para o técnico do Farrapos, Javier Cardozo, a partida contra o Desterro terá uma “pegada” diferente do que o seu time tem enfrentado. “Sabemos que será uma dura batalha e vamos precisar nos adaptar à velocidade do jogo que é diferente se comparado ao rugby gaúcho. Porém, até aqui nos preparamos muito bem e será muito especial enfrentar um clube tão tradicional”, citou o comandante, lembrando a força histórica que o time de Florianópolis possui, uma vez que é tricampeão brasileiro.

Javier Cardozo comanda o Farrapos em mais uma edição do Campeonato Brasileiro. Fotos: Lucas Delgado

Os números recentes animam as possibilidades de um grande confronto. Em 2017, Farrapos e Desterro ficaram entre os quatro melhores times do Campeonato Brasileiro. Nos estaduais deste ano, ambos foram campeões de suas respectivas unidades federativas. Dentro do Grupo D do Super 16, as equipes dividem a liderança com 10 pontos e a tendência é de que os dois confrontos diretos sejam determinantes para definir as duas principais colocações da chave — na rodada seguinte, Farrapos e Desterro voltarão a se enfrentar. “Falta muito para qualquer definição e preferimos pensar apenas jogo a jogo. Mas é uma realidade que o vencedor do confronto ficará na liderança e isso garante uma motivação extra”, acredita Cardozo.

O jogo em alto nível e com forte tendência de equilíbrio até o apito final também pode servir para levar grande público para o Estádio da Montanha, que normalmente registra boa taxa de ocupação. De acordo com Javier Cardozo, o jogo pelo nacional é um grande motivo para comparecer à cancha: “É o tipo de jogo que se define no detalhe e é emocionante para todos, seja dentro ou fora de campo. A torcida terá a possibilidade de assistir uma das nossas melhores versões, e contamos com isso”, convida o técnico. A última derrota do Farrapos como mandante foi em 2016, quando foi superado pelo Band Saracens no dia 2 de outubro daquele ano.

A partida entre Farrapos e Desterro é válida pela terceira rodada do Super 16 e inicia às 15h. A entrada para o público é gratuita. Como preliminar, às 13h, as equipes juvenis dos dois times se enfrentam em jogo amistoso.

 

Sobre o autor

Lucas Delgado

Lucas Delgado

esporte@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário