Esportes

BGF decide permanência na Liga Gaúcha de Futsal

Lucas Delgado
Escrito por Lucas Delgado

Passadas 21 rodadas da Liga Gaúcha de Futsal, as expectativas iniciais foram concretizadas. As equipes tradicionais e com grande poderio financeiro consolidaram-se nas primeiras posições, enquanto as menores, sem tanta possibilidade de investimentos, ficaram pelo caminho e ocupam a parte de baixo da tabela. É o caso do Bento Gonçalves Futsal (BGF), que brigará com Sase e Abelc pela vaga restante ao rebaixamento à Série Prata no último jogo de cada, na primeira fase.

A última rodada da fase de classificação da Série Ouro do futsal gaúcho será dividida em dois dias: no primeiro, as equipes com decisões referentes ao topo da ta29bela jogam. No domingo, é a vez dos desesperados na luta contra o descenso. O único duelo da segunda data que foge à regra é entre BGF e Atlântico de Erechim, que vivem situações opostas.

O time de Bento Gonçalves precisa de pelo menos um ponto para confirmar a permanência na Liga Gaúcha do próximo ano. O empate é suficiente para garantir isso. A dificuldade, entretanto, é pelo nível do adversário. O Atlântico ficou em sétimo na primeira fase da Liga Nacional de Futsal.

De acordo com o técnico do BGF, Vaner Flores, o destaque feito para o grupo de jogadores é a dependência apenas do seu resultado, embora seja um confronto difícil. “O ponto necessário podemos conseguir, mas sabemos que é um jogo de dificuldade extrema pela qualidade e também porque eles querem ficar com a liderança e ter um caminho tranquilo até a final”, explica.

Vaner Flores acredita na permanência do time na elite

Para que o Bento Gonçalves Futsal se mantenha na Liga Gaúcha do ano que vem sem precisar pontuar contra o duro adversário, os outros dois times da parte de baixo da tabela não podem vencer seus jogos. Apenas a Atcel já está rebaixada, na lanterna do torneio.
O time com maior probabilidade de cair é a Abelc, que tem três pontos a menos que BGF. O time de Boa Vista do Buricá vai a Tapera, onde enfrenta o América, que ocupa a quarta posição. Mesmo com lugar garantido na próxima fase, a tendência é que o América jogue de forma séria, já que o novo treinador, Banana, está em seus primeiros jogos pela equipe. Para a Abelc passar o BGF, necessitaria da derrota dos bento-gonçalvenses e a vitória sobre o time de Tapera jogando como visitante.

A Sase, de Selbach tem um ponto a menos que o BGF e é o outro que também pode cair. Entretanto, entre os três times candidatos à queda, é o que tem o jogo mais tranquilo. Ela enfrenta o Sobradinho. A vitória, mesmo como visitante, é um resultado possível.

Para Flores, há uma tendência de resultados a ser completada, mas nada pode ser cravado. “O América tem tudo para ganhar da Abelc, se tudo correr dentro da normalidade. Entretanto, o outro jogo é bem mais parelho, o empate é um resultado provável”. Ainda segundo o técnico, “essa combinação nos deixaria na primeira divisão do ano que vem”.

Os três times jogam no domingo, 1º de outubro, pela última rodada da primeira fase da Liga Gaúcha de Futsal. Quem ficar com a 11ª posição, se junta a Atcel na Série Prata Gaúcha do ano que vem. Os jogos finais da primeira fase acontecem às 19h30min.

Sobre o autor

Lucas Delgado

Lucas Delgado

esporte@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário