Cultura

Bento Gonçalves recebe o músico Lucio Yanel na quinta-feira, 9 de maio

Da Redação
Escrito por Da Redação

Violonista argentino radicado no Rio Grande do Sul desde os anos 1980 se apresentará no Teatro do Sesc

 

Lucio Yanel, o argentino considerado um dos alicerces do violão solista na música regional sulina e o violonista com maior produção na história do violão gaúcho, traz a Bento Gonçalves, nesta quinta-feira, 9 de maio, seu show “Universo Pampa”. A apresentação será às 20h, no Teatro do Sesc (Av. Cândido Costa, 88). Os ingressos podem ser adquiridos pelo valor de R$ 30 na Musical Center (Rua Montenegro, 30) e no dia, 1h antes do show, na bilheteria do teatro. O evento é uma realização Sesc Bento Gonçalves, Secretaria de Cultura e Musical Center. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (54) 3452-6103, no site www.sesc-rs.com.br/bentogoncalves e na página www.facebook.com/sescbentogoncalves.

O bioma Pampa está localizado no território de três países sul-americanos: Argentina, Brasil e Uruguai. Na Argentina, se divide em várias regiões; no Uruguai, quase todo o país é considerado pampa; e no Brasil ocupa 62% do estado do Rio Grande do Sul. O show “Universo Pampa” é um espetáculo sócio cultural, com uma didática através de músicas de cada região, somada a explicações que pretendem ilustrar o todo e mostrar este importante panorama regional. Lucio Yanel atua como violonista, intérprete, autor, compositor, ator e folclorista. Como violonista, realizou apresentações por diversos países como Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile, França, Rússia, Suíça, Espanha e Estados Unidos.

Radicado no Brasil há 38 anos, as premiações por sua trajetória são muitas, destacando-se: Prêmio Açorianos 2001 de Melhor Disco Instrumental e Melhor Instrumentista Regional; Prêmio Açorianos 2004 como Melhor Disco Regional com o Acuarela del Sul; Prêmio Açorianos 2011 como Melhor Instrumentista. No ano de 2005, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, juntamente com a Associação dos Municípios e o Banrisul, concedeu-lhe o Destaque Cultural do Mercosul, sendo entregue, em solenidade oficial, a comenda Negrinho do Pastoreio. Em 2016, recebeu Menção Especial no Prêmio Açorianos de Música 2015/2016, pelos relevantes serviços prestados à música gaúcha e a forte influência gerada na vida e carreira de muitos outros instrumentistas ao longo de sua exitosa carreira. Em 2017, recebeu a Comenda do 12° BPM – GRAU BRONZE pelos relevantes serviços prestados a Organização Polícia Militar.

 

Sobre o autor

Da Redação

Da Redação

redacao@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário