Geral

Bento-gonçalvense vai integrar Ministério dos Direitos Humanos

Ranieri Moriggi
Escrito por Ranieri Moriggi

O bento-gonçalvense Volmir Raimundo de 54 anos vai integrar o governo do presidente Jair Bolsonaro no próximo dia 30 de abril. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União da segunda-feira, 15. Raimondi, que foi um dos fundadores da Associação dos Deficientes Visuais de Bento Gonçalves, vai atuar no Ministério dos Direitos Humanos.

Ele vai assumir o cargo de Coordenador-Geral de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência na Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, vinculada ao Ministério dos Direitos Humanos. A escolha de Raimondi ocorreu após o convite da médica Priscilla Gaspar e teve a indicação da senadora Mara Gabrilli, que também é portadora de deficiência , além dos relevantes trabalhos junto aos deficientes visuais no Brasil e na América Latina. Atualmente, Raimondi é o presidente da União Latino-americana de Cegos e presidente regional e membro da executiva da União Mundial de Cegos.

Para o bento-gonçalvense, o convite é motivo de orgulho e reconhecimento pelo trabalho desempenhado ao longo de sua vida. “Será um grande desafio profissional e pessoal atuar em tão importante espaço, mas, confio que minha experiência de mais de 35 anos em que me dediquei nesta área, servirá para contribuir na busca de dias melhores para as pessoas com deficiência, atuando em equipe e dentro das atribuições específicas do cargo. Sinto-me orgulhoso e agradecido”, afirma Raimondi.

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário