Caderno S

Barbara Bortolini

Caroline Pandolfo
Escrito por Caroline Pandolfo

“Falar sobre meus pais significa falar sobre toda a base da minha vida”, assim Barbara Bortolini, eleita Imperatriz da 16ª edição da Fenavinho, carinhosamente inicia sua história. “Eles são minha referência. Ambos com suas características, somam e se completam. Sou eternamente grata a eles por todos os ensinamentos e valores que me foram passados. A pessoa que me tornei hoje é, com certeza, o reflexo dessa dedicação. Além do mais, é através do suporte da minha família que crio forças para me erguer e seguir adiante”, garante.

Legítima taurina, Bárbara reflete um jeito amoroso em sua personalidade ao mesmo tempo é leal, persistente e um pouco tímida. Descendente de imigrantes italianos, nasceu e cresceu em Bento Gonçalves, rodeada pelos costumes da região. “Minha avó paterna, carinhosamente apelidada de “Mamma Mia” por repetir diversas vezes essa expressão, foi parte importante da minha trajetória e de quem sou atualmente. Dela, herdei o modo de falar alto e gesticular com as mãos, além da paixão pela polenta e grostoli. Com ela, também aprendi a dar valor as coisas simples, e a importância da união entre uma família. Já com os meus pais, que são grandes apreciadores do vinho brasileiro, pude compreender que este vai muito além de uma mera taça. Por trás de cada garrafa, essa rica bebida carrega um significado, uma história única, de muito trabalho, suor e dedicação. Assim, hoje tenho em minha essência o amor e o orgulho de nossa terra, nosso vinho e nosso povo”, destaca.

Equilíbrio, responsabilidade e humildade fazem parte do seu dia a dia. “Me considero uma pessoa determinada e perfeccionista. Busco sempre dar o meu melhor em tudo o que faço, e tenho como objetivo alcançar a excelência nas tarefas as quais me são confiadas. Com as pessoas que amo, não meço esforços para vê-las felizes”, explica.
Graduada em Design pela Universidade de Caxias do Sul, Bárbara atua no setor administrativo e de marketing da Atual Estofados, empresa situada em um dos belíssimos roteiros turísticos de Bento Gonçalves, os Caminhos de Pedra. “Em função disso, tenho também um envolvimento constante com o turismo da região e os projetos que visam o resgate e a valorização das nossas raízes”, conta. E complementa mencionando os motivos pelos quais escolheu essa carreira. “Desde pequena, sempre acompanhei e admirei o esforço de meu pai, que batalhou incansavelmente para o crescimento e desenvolvimento da Atual Estofados. Através do seu enorme conhecimento e capacidade, pôde torná-la uma empresa séria e renomada. Hoje, ao lado dele, procuro oferecer o melhor de mim para honrar e dar continuidade a este grande trabalho”, orgulha-se.

E sobre o novo desafio como Imperatriz, o que tem a nos dizer?

Acredito que a cultura tem o poder de contar a história de uma população. Por isso, não pode ser esquecida, deve ser passada adiante. Nossa cidade possui uma das maiores riquezas: um povo que carrega consigo a herança de um passado onde força e esperança não eram somente sentimentos, mas o que os movia. Hoje, colhemos o resultado dessa dedicação, e temos a oportunidade de dar continuidade a esse legado deixado pelos nossos antepassados através da grande Festa Nacional do Vinho. Ter a chance de participar da corte 16ª edição da Fenavinho, divulgando-a pelo Brasil e representando a comunidade bento-gonçalvense, é motivo de imenso orgulho. Com muita responsabilidade, me dedicarei ao máximo para disseminar a nossa cultura e as riquezas da nossa amada cidade de Bento Gonçalves, valorizando ainda mais a nossa história.

Foto: Eduardo Benini

Sobre o autor

Caroline Pandolfo

Caroline Pandolfo

Um mundo de descobertas. Assim considero minha trajetória como colunista do Jornal Semanário, a qual tenho muito orgulho! Aqui compartilho um novo espaço do Caderno S, a Coluna Detalhes, onde destaco experiências únicas, pessoas especiais, trabalhos que fazem a diferença e muito mais.
social@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário