Segurança

Balanço da PRF aponta redução de mortes nas rodovias do RS

Da Redação
Escrito por Da Redação

Maior rigor na fiscalização de trânsito ajudou a reduzir óbitos

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou o balanço do número de acidentes graves no ano de 2018. De acordo com a corporação, mais de 308 mil veículos foram fiscalizados, e 556 mil pessoas abordadas. Também foram realizados 166 mil testes de etilômetro. No comparativo com o ano anterior, o número de condutores flagrados dirigindo sob efeito de álcool aumentou, totalizando 4100 autuados por recusa ou constatação em comparação a 3900 registrados em 2017. Já em relação às ultrapassagens, 19 mil motoristas foram autuados, índice 3% superior ao ano anterior.

O combate ao excesso de velocidade registrou aumento no número de horas de fiscalização por radar, somando mais de 8 mil horas de operação em 2018. Em 2017, foram 7,5 mil horas. O radar fotográfico foi empregado nos trechos críticos para acidentes graves associados à velocidade excessiva. No entanto, o número de condutores flagrados em excesso de velocidade foi menor em 2018, com 155 mil infrações comparado a 196 mil autuados em 2017.

Com o incremento da fiscalização, também registrou-se aumento no número de autuações, sendo 317 mil infrações lavradas no transcorrer do ano. O excesso de velocidade corresponde a aproximadamente 55% desse total. Por irregularidades diversas, 11.427 veículos foram retirados de circulação no período.

O maior rigor na fiscalização de trânsito reduziu significativamente o número de acidentes fatais. Em 2018, foram registrados 249 acidentes graves, com 314 óbitos (redução de 20%), em comparação a 2017, em que foram atendidos 323 acidentes graves, com 390 óbitos.

Fonte: PRF

Sobre o autor

Da Redação

Da Redação

redacao@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário