Cultura

‘Arte pelo Fogo’ em exposição

Cleunice Pellenz
Escrito por Cleunice Pellenz

Mostra de Lori Fernando Zalapai, exposta no Sesc de Bento Gonçalves
até o dia 31 deste mês, utiliza a técnica de pirografia

Pensamentos, imagens que remetem à infância, momentos que são eternizados, muitas vezes em folhas de papel, em pedaços de madeira, em ferro, gesso, ou outros materiais. Assim é o trabalho dos artistas que, nas mais variadas formas expressam seus sentimentos, suas alegrias e desejam que o público também sinta amor pela arte. A exposição ‘Arte pelo Fogo’, do artista Lori Fernando Zalapai (Zappa), de 39 anos, natural de Bento Gonçalves, aborda tudo isso e muito mais. Os trabalhos, expostos no Sesc Local, por meio do programa Arte Sesc, estão disponíveis para visitação até o dia 31 de janeiro.

Zappa, como é conhecido. utiliza a técnica da pirografia, que é a arte de decorar a madeira com marcas de queimadura produzida pelo fogo. É uma arte primitiva, pois foi uma das primeiras manifestações artísticas da humanidade, sendo redescoberta em 1751, na Inglaterra, com o primeiro trabalho impresso por meio desta técnica. O que atraiu o artista a esta técnica foi o contraste de luz e sombra que o fogo produz. Mais precisamente, ele conheceu os detalhes da utilização desta há uns três anos, entretanto, iniciou sua dedicação à ela no final de 2017.
Segundo Zappa, a paixão por desenhos e técnicas sempre esteve presente em sua vida, principalmente por incentivo de sua família. “Sempre tive gosto pela arte desde criança e peguei o amor pela arte com a minha mãe, que também trabalha com artesanato”, explica.

O horário para a visitação é de segunda a sexta, das 8h às 21h, e aos sábados, das 8h às 12h no Sesc Bento Gonçalves, localizado na Av. Cândido Costa, nº 88. A entrada é gratuita. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (54) 3452-6103, no site www.sesc-rs.com.br/bentogoncalves e na página www.facebook.com/sescbentogoncalves.

Sobre o autor

Cleunice Pellenz

Cleunice Pellenz

geral5@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário