Brasil e Mundo

Aplicativo ajuda consumidor a entender conta de luz

Da Redação
Escrito por Da Redação

A ANEEL lançou na terça-feira, 13, o aplicativo para celulares, um novo canal de acesso para aproximar ainda mais os consumidores de energia elétrica da Agência

Em uma ação inovadora e comprometida com a transparência, A ANEEL lançou na terça-feira, 13 o aplicativo para celulares ANEEL Consumidor, um novo canal de acesso para aproximar ainda mais os consumidores de energia elétrica da Agência, com simplificação do atendimento e informações detalhadas sobre questões como a composição da conta de luz.

O lançamento do APP contou com a presença do Ministro de Minas e Energia, Moreira Franco. “Em um passo a mais na linha do empoderamento do consumidor, agora milhões de consumidores de energia do Brasil terão em sua mão acesso à ouvidoria da ANEEL e uma explicação mais detalhada sobre a composição da sua conta de luz”, disse o diretor-geral da ANEEL, André Pepitone.

O aplicativo já está disponível para os sistemas operacionais Android e IOS. A plataforma facilita o registro e acompanhamento de Solicitações de Ouvidoria (reclamações, sugestões, elogio e denúncias), apresenta orientações sobre os principais procedimentos relacionados ao fornecimento de energia e informações gerais sobre o setor elétrico.

Um dos principais serviços oferecidos é o “Entenda sua Conta”, por meio do qual o consumidor poderá conhecer o funcionamento dos itens que compõem o valor da fatura de energia, utilizando simulações interativas para contas de luz de clientes residenciais.

Os cálculos de tarifa disponíveis levam em conta a realidade de cada distribuidora, a ser selecionada pelo usuário, a Bandeira Tarifária em vigor (atualmente, a amarela ) mas não incluem impostos como ICMS, PIS/Cofins e taxa de iluminação pública.

Na plataforma, o consumidor consegue visualizar a participação, na sua conta, dos diferentes componentes que influenciam a tarifa, como custos de Energia, Transmissão, Distribuição, Encargos e a Bandeira Tarifária.

“A ANEEL está dando um exemplo, começando a colocar luz no quanto as pessoas pagam pelo bem que consomem”, disse o ministro Moreira Franco.

O aplicativo permite ainda a visualização do histórico de demandas registradas junto à ANEEL e acesso a diferentes informações do setor, como a Bandeira Tarifária vigente, Contato da Ouvidoria Institucional da ANEEL, informações sobre as distribuidoras, relação de direitos e deveres do consumidor e link para o site da ANEEL.

Após o lançamento, a proposta é realizar aprimoramentos contínuos e vincular a plataforma ao novo Sistema de Inteligência Analítica do Setor Elétrico (SIASE), no primeiro trimestre de 2019.

Fonte: Aneel

Sobre o autor

Da Redação

Da Redação

redacao@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário